queda de cabelo
Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp

Queda de Cabelo, porque acontece e como tratar

Mas o que é queda de cabelo?

A queda de cabelo é algo que atormenta milhões e milhões de pessoa ao redor do mundo, mas por incrível que pareça é algo normal e que nos acontece todos os dias. Segundo  a Sociedade Brasileira de Dermatologia, é considerado normal a cair entre 50 e 100 fios de cabelo todos os dias, então não se assuste com isso, pois é algo normal é apenas o final do ciclo de vida de um fio para o início da vida de outro.
Os problemas começam a aparecer quando a queda  é generalizada, chamada de eflúvio piloso, quando a queda passa dos 100 fios por dia e começa cair os cabelo no chuveiro ou ficarem presos na escova.
Mas saiba que esta condição tem motivos conhecidos, são internos e externos e ocorrem tanto em homens quanto em mulheres.

O que causa a queda de cabelo

Como sabemos, a queda de cabelos atinge na maioria das vezes os homens do que as mulheres – estima-se que 80% dos homens com 80 anos ou mais sofrem de alopecia androgenética – a alopecia androgenética também atinge as mulheres, mas em menores proporções. Mas fora a alopecia androgenética existem vários outros motivos que causam a queda dos cabelos.

·         Stress excessivo

Muitos não sabem, mas situações de stress também causam a queda dos cabelos. O stress atua no sistema circulatório periférico, fazendo diminuir o fluxo sanguíneo nas extremidades, a salta de sangue e oxigenação enfraquece os fios e diminui o poder de fixação deles. O aumento no hormônio cortisol (Hormônio do stress) deixa o couro cabeludo mais suscetível a ações inflamatórias que prejudica a saúde dos fios.

·         Perca de peso de forma rápida

As dietas muito restritivas fazem com que nosso organismo ingira muito menos quantidades de macro e micronutrientes essenciais para o desenvolvimento e fortalecimento dos cabelos. Também a falta e ingestão de vitaminas como A, C, E as do complexo B, além de ferro e zinco, faz com que o diminua a produção de colágeno e sebo, essenciais para o bulbo capilar.

·         Anemia

A anemia é uma das principais causas da queda de cabelo. A falta de hemoglobina no sangue faz com que ele transporte menos oxigênio e menos nutrientes para várias partes do corpo e o couro cabeludo é uma delas. Com a baixa quantidade de oxigênio e nutriente os fios enfraquecem e consequentemente caem.

·         Tratamento ou recuperação de procedimentos cirúrgicos


Procedimentos cirúrgicos é de fato muito estressante, só de saber que temos de passar por esta situação nossos cabelos já começam a cair. Mas também existem os tratamentos invasivos como quimio e radio terapia que a potencia dos medicamentos e os efeitos colaterais faz com que caiam não apenas os cabelos, mas todos os pelos do corpo.

·         Tratamentos capilares com produtos químicos


Tratamentos para alisamento dos cabelos com produtos químicos é um dos principais motivos para a queda de cabelo das mulheres. Produtos como o Tioglicato e o Hidróxido de Sódio misturados causam a quebra dos fios e consequentemente a queda dos mesmos. O formaldeído (formol) por si só já causa a queda de cabelo, além de irritação, vermelhidão, dor e queimaduras. Ele é muito utilizado em escovas progressivas.

·         Chapinhas, modeladores de cachos e secadores


Este acessório são unha e carne com a mulher moderna, mas da mesma forma que trazem praticidade no dia a dia das mulheres e homens também, é muito prejudicial a saúde dos cabelos, o calor emitido por estes aparelhos causa o estiramento do e queima da queratina, a principal proteína do cabelo. Ao longo do tempo com o uso excessivo destes acessórios vão enfraquecendo os fios até chegarem ao ponto de romperem e caírem.

·         Nascimento do filho, pós-parto


Durante a gravidez, o aumento no hormônio estrógeno faz com que os cabelos se mantenham em fase de crescimento (fase anágena) durante todo o tempo de gravidez, por isso que as mulheres grávidas sentem os cabelos mais bonitos e fortes. Com o nascimento do bebê, os níveis do estrógeno começam a cair e volta a normalidade, passando a fase de queda (fase telógena). Isto acontece entre o terceiro e quarto mês após o parto, e pode durar entre 2 e 3 meses, a partir dai os cabelos entram em sua normalidade e aos ciclos normais de vida.

·         Doenças infecciosas com febre alta


As doenças infecciosas com quadro de febre alta que duram mais de 2 dias podem causar a queda de cabelo. Isso acontece sempre entre 75 e 90 dias após o quadro febril. Após esta fase de queda o cabelo volta ao ciclo normal.

Doenças do Couro Cabeludo

As doenças no couro cabeludo são tão comuns e as vezes passas despercebidas. Por conta de está coberto por uma camada de cabelo, as pessoas acham que o couro cabeludo seja praticamente blindado, mas pelo contrário, pelo fato de não ter contato direto com o ambiente e o sol, o couro cabeludo é uma das partes mais sensíveis da nossa pele e como qualquer outra parte do corpo sofre de doenças típicas da região. Existem centenas e centenas de doenças que afetam o couro cabeludo. Aqui vou citar as principais:

·         Dermatite Seborreica

A dermatite seborreica é a famosa caspa, ela acontece quando por algum motivo acontece a alteração na produção do sebo pelo folículo piloso, pode acontecer também por conta do aumento nas colônias de fungos e bactérias.

·         Psoríase

A psoríase é aquela doença em que ficam aquelas placas avermelhadas e descamativas. Ainda não foi descoberto o que causa esta doença, mas a comunidade médica acredita que seja por conta de baixas no sistema imunológico.

·         Foliculite

Foliculite é aquela inflamação que acontece em um ou mais folículos pilosos. Ela é causada por infecção viral ou bacteriana. Causada na maioria das vezes pela bactéria Staphylococcus aureus (estafilococos).

·         Pitiriase

Pitiriase é a micose do couro cabeludo, a pitiriase é causada por fungos que causam irritação e descamação do couro cabeludo.

·         Alopecia

A alopecia acontece quando é aumenta da queda do cabelo, existe vários tipos de alopecia, as principais são a areata e androgenetica. As causas são genéticas, doenças autoimunes e efeitos colaterais de remédios.

Hereditariedade Também causa queda de cabelo


Sim existe calvície hereditária, esta é uma predisposição genética que causa a queda do cabelo. Isto acontece por causa de uma disfunção genética que aumenta a sensibilidade dos fios, causada pelo hormônio di-hidrotestosterona, que provoca a perda total ou parcial dos cabelos definitivamente.
Os primeiros sinais são o afinamento e em seguida a queda do cabelo em regiões próximo a testa (entradas) e também no topo da cabeça, deixando o couro cabeludo exposto.
Esta doença dá os primeiros sinais já no começo da idade adulta, se existe precedentes familiares a chance de acontecer é ainda maior, esta herança genética pode vir tanto do pai como da mãe. No entanto ela ocorre predominantemente em homens, poie está ligada a um hormônio masculino (testosterona), mas ela também ocorre em mulheres, mas em intensidade bem menor.

Estes são alguns motivos para que ocorra a queda de cabelo, como isso varia de organismo para organismo, vários outros fatores podem acentuar a o processo de queda.

Tratamentos para queda de cabelo

Existem diversos tratamentos para a queda de cabelo, eles vão desde tratamentos naturais, até medicamentosos. Passando por loções, cremes e shampoos, a queda de cabelo pode ser tratada de várias maneiras, mas sempre de forma paliativa, pois a medicina ainda não descobriu de fato a cura pra a alopecia.

Tratamentos Naturais


Tratamentos naturais são importes além de necessários, pois quanto menos produtos químicos em nosso organismo é melhor para as madeixas. Os tratamentos caseiros para a queda de cabelo na verdade têm maior eficiência para prevenir a queda do que para remediar e fazer os fios voltarem a crescer, portanto é muito indicado que você inicie este tipo de tratamento antes mesmo da começar a aparecer os primeiros sintomas de alopecia.

Não adianta pensar que usar tratamentos naturais 1 ou 2 vezes irá resolver a questão. Este é um tratamento de longo prazo, onde o tempo mínimo de tratamento é 3 meses.

 Usar tratamentos naturais é muito fácil e está a venda em qualquer perfumaria, alguns você pode cultivar em sua própria residência.
Os principais tratamentos são:

Cada tratamento tem uma forma de se fazer e tempo de uso diferente, então é importante salientar que de nada vale usar todos de uma vez ou um em seguida do outro, cada um tem seu tempo de maturação pois o cabelo é vivo (do couro para dentro) e estes tratamentos são mais focados em fortalecer o cabelo que está para vir, do que recuperar o que já nasceu, apesar de ajudar bastante.

Shampoo Para a Queda de Cabelo

Os shampoos para queda de cabelo, na verdade antiqueda é muito usado pela facilidade, pois não há nada mais prático do que você ir até uma farmácia pegar o shampoo na prateleira e usar quando for tomar banho. Mas afinal estes shampoos são mesmo eficientes para acabar com a queda de cabelo?
Os shampoos em si têm uma função de limpeza dos fios, pois ele contém um detergente para fazer este tipo de limpeza, após este procedimento é comum usarmos os condicionadores, que servem para fechar as cutículas do cabelo, onde ele fica mais macio.
Então o shampoo fica pouco tempo em contato com o couro cabeludo, então não ocorre a penetração no couro e a eficiência do shampoo fica comprometida, pois os ativos que as fabricantes afirmam ter e que combate a queda de cabelo não é absorvido e a eficácia fica comprometida.

Mas Nenhum Shampoo Funciona?

O principal vilão dos seus cabelos é a di-hidrotestosterona (DHT), e ela atual pegando aquele fio que era grosso e forte e vai deixando-o mais fino, até chegar ao ponto do poro se fechar e o fio morrer.

O shampoo de Cetoconazol é fruto de estudos que revelam que ele tem o poder de bloquear o DHT, diminui a quantidade de sebo, além e diminuir as culturas de fungos que causam a dermatite seborreica além da caspa, assim contribui para a diminuição da queda de cabelo.

Outro benefício do Cetoconazol é a diminuição da oleosidade do couro cabeludo. Os cabelos muitos oleosos são prejudiciais ao couro cabeludo, pois a oleosidade concentra a DHT, fazendo o poro ficar bloqueado pelo sebo e DHT.

O único problema do Cetoconazol é que ele deixa os cabelos muito ressecados.  A dica é sempre usar um outro shampoo ou condicionador após o uso do shampoo com Cetoconazol.

Tratamentos Medicamentosos para queda de cabelo

Os medicamentos são muito usados para combater a queda de cabelo são muito comuns, mas até hoje a medicina não descobriu um medicamento usados exclusivamente para este fim. Todos os medicamentos usados são frutos de estudo de drogas para outro tipo de enfermidade, como hipertensão e câncer. Portanto vários efeitos colaterais são observados. Por isso é importante sempre procurar ajuda médica antes de usar.

Os Principais Remédios Para Queda de Cabelo

·         Alfaestradiol

Solução tópica para combate a queda de cabelo, tanto masculina, quanto feminina.  As pessoas desconfiam deste remédio para queda de cabelo, pois seu princípio ativo ser uma variação de um hormônio feminino.
A venda nas drogarias com prescrição médica

·         Espironolactona

A espironolactona é usada contra a queda de cabelo, apesar de o medicamento ser originalmente um diurético usando contra os inchaços e anti-hipertensivo. Por ter um efeito anti-androgênico, o médico pode prescrever este medicamento para o tratamento da alopécia em mulheres.
A venda nas drogarias com prescrição médica

·         Finasterida

A finasterida é um dos mais conhecidos medicamentos para a queda de cabelo. A finasterida foi criada na década de 1970 para combater a hiperplasia da próstata, mas em testes foi verificado que ela bloqueia a enzima 5-alfa-redutase, responsável por transformar a testosterona em dihidrotestosterona (DHT).
O grande efeito colateral da Finasterida é a perda de libido e impotência sexual. Por isso muitos homens tem o receio de tomar e sofrer desses males.
A venda nas drogarias com prescrição médica

·         Minoxidil

O Minoxidil é o mais conhecido remédio para queda de cabelo. Conhecido mundialmente, ele foi descoberto a partir de testes de um medicamento hipertensivo (Loniten). Foi constatado que a maioria dos pacientes que usavam este medicamento apresentavam como efeito colateral o crescimento de pelos em várias partes do corpo. Por ser de fácil aplicação, uso externo e baixo número de efeitos colaterais, o Minoxidil é o mais procurado e também o mais barato dos medicamentos para queda de cabelo.

O Minoxidil é muito utilizado pelo rápido aparecimento de resultados, a partir de 2 semanas após o começo do tratamento já é possível verificar o nascimento de pelos (cabelos), assim a pessoa sente que o tratamento está sendo eficaz e rápido.

Por sua facilidade no uso e eficácia comprovada, o Minoxidil é usado por muitos homens para o crescimento da barba e pelos na região do tórax.

Os efeitos colaterais do minoxidil são:
Ressecamento
Vermelhidão
Inchaço
Coceira
Dor de cabeça

Onde comprar Minoxidil Kirkland?

O Minoxidil kirkland não é encontrado em qualquer lugar para a compra, pois sua venda é restrita, mas você pode comprar em nossa loja virtual. https://www.minoxidilsp.com.br/minoxidil

Estes são os principais motivos que causa a queda de cabelo, também citamos os principais tratamentos para que esta queda seja reduzida. Qualquer dúvida ou ideia de conteúdo, deixe uma pergunta nos comentários, pois responderemos o mais rápido o possível.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Gostou deste conteúdo? Inscreva-se e receba mais artigos como este!

Toda semana enviaremos artigos parecidos como este e você receberá em primeira mão!

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDOS

O QUE É MINOXIDIL SP?

A Minoxidil SP é uma loja dedicada a vender Minoxidil, produtos para barba, além de suplementos alimentares. Localizada na cidade de São Paulo, atua des…continuar lendo

MAIS ARTIGOS